telhas-quantidade

Como calcular a quantidade de telhas para sua cobertura

João Victor Construção Civil, Planejamento Deixe um Comentário

Embora calcular a quantidade de telhas não exija um conhecimento técnico aprofundado, mesmo assim é uma tarefa que gera muitas dúvidas. Isso porque devemos sempre considerar fatores como: rendimento, inclinação e perdas.

Durante a etapa de orçamentação uma das fases mais importantes é a de estimar a quantidade de telhas, em razão do alto custo que elas podem vir a ter em uma obra.

Portanto, é importante que você saiba fazer as contas certas para não sair no prejuízo. Hoje, eu estou aqui para te ajudar justamente com isso.

Legal, não é?

Calcular a quantidade de telhas em função da área de telhado

Inicialmente, antes de sabermos quanto rende um determinado tipo de telha por metro quadro, precisamos determinar o valor da área de telhado sobre o qual será instalada.

Entretanto, para este cálculo, devemos considerar os caimentos (inclinações) dos telhados. Ainda, é importante lembrar que esse caimento muitas vezes será determinado em função do tipo de telha adotada.

Por exemplo, em telhas de fibrocimento é comum que os fabricantes recomendem um telhado com inclinação mínima de 10%. Assim, se tivermos que cobrir uma distância de 1 metro, o nosso telhado terá que ter um desnível de 10 cm para que possa ser coberto por essa telha.

inclinação

Ou seja, a inclinação é dada pela relação entre o desnível “h” (altura da cumeeira) e o comprimento horizontal “D”:

\mathrm{ i = \dfrac{h} {D} }

Conhecendo a inclinação, podemos aplicar um fator de correção (FC) sobre a área de projeção horizontal do telhado. Ou seja, multiplica-se a área em planta pelo fator de correção.

O fator de correção pode ser determinado por:

\mathrm{  FC = \dfrac{1}{ \cos \left [\arctan \left (\dfrac{h}{D} \right )\right ]} }

Maaaaaaass…Caso não queira ficar fazendo este cálculo, vou deixar aqui embaixo uma tabelinha com alguns valores de fator de correção em função da inclinação.

fator

fator de conversão

Assim, a área de telhado será:

\mathrm{A=A_{planta} \cdot FC }

EXMPLO 1: cálculo de área de telhado

Imagine que tenhamos uma edícula sujas dimensões em planta são 5 x 10 m. Nela, iremos adotar um telhado com apenas um caimento e com 50 cm de beiral. A telha escolhida tem a inclinação mínima de 30% recomendada pelo fabricante.

Então, incialmente iremos calcular a área em planta:

\mathrm{  A_{Planta} = 10 \times (5 + 0,5) = 55 \ m^2}

Ainda, com auxílio da tabela mostrada acima, temos que para uma inclinação de 30% o fator de correção será igual a FC = 1,044.

Assim, a área do telhado será:

\mathrm{A=A_{planta} \cdot FC}

\mathrm{A=55 \cdot 1,044}

\mathrm{A=57,43 \ m^2}

Logo, este será o valor que usaremos como base para a determinação da quantidade de telhas.

OBS: costuma-se chamar de “água” cada um dos planos inclinados que constituem um telhado.

Quantidade de telhas: rendimento

Conforme ensina Calil (2010), a quantidade de telhas por metro quadrado varia de acordo com o tipo e o modelo escolhidos.  É comum que fabricantes disponibilizem catálogo informando qual o rendimento de cada tipo de telha.

Observe o exemplo abaixo:

rendimento

rendimento

EXEMPLO 2: calcular a quantidade de telhas (sem perdas)

Ainda considerando o exemplo da edícula acima, imagine que utilizaremos em nosso projeto uma telha portuguesa, cujo rendimento seja 16 telhas por metro quadrado de telhado, conforme indicação do fornecedor.

QTDE = (Área de telhado) × (rendimento)

QTDE = (57,42 m²) ×(16 \ telhas/m²) =918,72 telhas

Por fim, fique sabendo que devemos utilizar sempre o maior número inteiro mais próximo. Logo, a quantidade de telhas a se considerar será de 919 peças.

Cálculo quantidade de telhas: consideração de perdas.

Ainda, ao se realizar a compra das telhas é sempre importante que se adquira cerca de 5% a 10% a mais do que o valor calculado em função da área das águas.

Assim procedendo, estar-se-á levando em conta o efeito do corte de telhas, que por sua vez é tão maior quanto maior for o número de águas do telhado, além de reservar telhas para futuras manutenções.

Infelizmente as telhas cerâmicas apresentam o inconveniente de falta de uniformidade dimensional e geométrica, mesmo que se considere um fabricante específico.

EXEMPLO 3: calcular a quantidade de telhas (com perdas)

Como, para o nosso exemplo, encontramos uma quantidade de 919 telhas, vamos agora incluir um acréscimo de 10% para as perdas.

Desse modo, o número de telhas que iremos comprar será:

QTDE = 919×(1 + 10%) = 919 ×1,1

QTDE = 1.010,9 telhas

Mais uma vez, devemos sempre arredondar para o maior inteiro mais próximo. Logo, conclui-se que a quantidade necessária de telhas é de 1.011 peças!

Palavras finais

Embora o cálculo da quantidade de telhas não exija um conhecimento técnico aprofundado, ainda sim é uma etapa importantíssima da orçamentação.

O artigo de hoje foi bastante leve e espero que tenha sido muito proveitoso para você! Quaisquer dúvidas, estou à disposição para resolver!

 

Abraços do João!

ate-a-proxima

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *